Desde o lançamento de sua primeira temporada, Stranger Things se tornou um dos maiores sucessos em meio as produções originais da Netflix, e essa nova temporada só confirmou que o seriado não é só mais um título superestimado por conta do selo do serviço de streaming.

Se passando um ano após os acontecimentos da primeira temporada, tudo parecia estar bem até então, porém Will (Noah Schnapp) começa a ter diversas visões do mundo invertido, onde ele avistava uma gigante sombra preta em meio a um céu vermelho, e isso assustou todos em sua volta.

Como se trata de uma segunda temporada, já encaramos os personagens (em maioria) desenvolvidos, tendo algumas mudanças em suas personalidades (as quais são um reflexo de tudo que enfrentaram anteriormente) além do amadurecimento por conta do avanço de idade. O roteiro de cada um dos novos capítulos são escritos de uma forma que consegue imergir o espectador logo de cara, onde mesmo com alguns pequenos furos, é quase impossível ter a experiência estragada por eles.

Algo que deve ser citado sobre o primeiro episódio é que logo nos primeiros instantes do novo ano, é revelado um ponto que pode vir a ser crucial em uma possível próxima temporada, além de servir como base para dar sequência ao desenvolvimento de Eleven (Millie Bobby Brown).

Como já era esperado, nenhuma atuação decepciona (e isso pode ser dito inclusive dos personagens coadjuvantes). Nesta temporada somos apresentados a alguns novos rostos, os quais possuem uma grande importância, ou seja, a atuação de cada um deles possuiu um maior peso, e isso não foi algo prejudicial, já que um dos grandes destaques da temporada é a personagem vivida por Sadie Sink, a qual vem a se tornar interesse amoroso de dois integrantes do grupo principal do seriado.

Na primeira temporada tivemos uma trilha sonora maravilhosa e isso veio a se repetir. A escolha das músicas e o momento em que elas são tocadas só fazem com que o espectador fique mais tenso nas cenas que exigem isso, e também traz outras emoções necessárias.

Em geral, essa nova temporada conseguiu superar a primeira (quando falado em atuação, roteiro, e etc). Para quem se interessa por uma boa história de terror e suspense, este segundo ano é melhor recomendado do que o primeiro.

Todos os episódios das duas temporadas estão disponíveis no catálogo da Netflix, e apesar de encerrar dando um gancho para uma terceira temporada, ainda não existem confirmações oficiais.

facebook comments:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here