A melhor coisa do episódio anterior (além dos efeitos da kryptonita vermelha em Kara) foi que uma das consequência das ações da Supergirl foi J’onn J’onnz ter de se revelar diante de todos para salvar a vida de Alex. Agora que todos sabem sobre sua verdadeira identidade ele foi preso e interrogado pelo exercito por acreditarem que ele possui algum plano contra a humanidade.

Se encaixar e o sacrifício que isso requer é o tema central desse episódio. Começando com Kara tendo de enfrentar as consequências de suas ações passadas e o medo que a população agora possui nela e então com J’onn, que desde que chegou a Terra vem tentando se encaixar e deixar seu passado para trás. Agora que todos sabem sobre seu verdadeiro eu, tudo o que eles vêem é que J’onn matou Hank Henshaw para poder assumiu seu lugar como o diretor do DEO e ignoram todo o bem que ele fez durante esses dez anos.

Sendo que, graças aos flashbacks, descobrimos que não foi J’onn quem matou Hank e sim Jeremiah Danvers que estava tentando proteger J’onn de ser assassinado. A partir daí, J’onn assumiu a pele de Hank porque acreditava que a raça humana precisava que ele fosse Hank Henshaw, diretor do DEO, mesmo que eles não soubessem disso.

O episódio também nos forneceu alguns flashbacks sobre o passado de Alex e Kara. Em um deles vimos que Alex, há três anos atrás, antes de ser recrutada para o DEO, desperdiçava sua vida em festas sem se importar como resto do mundo. Até que Hank apareceu, lhe oferecendo a oportunidade de ser especial, sabendo que seu comportamento destrutivo se dava por nunca se sentir tão especial quando sua irmã Kara.Também vimos o primeiro encontro de Cat e Kara durante sua entrevista de emprego que tinha tudo para dar errado, se não fosse a supervisão da Supergirl. Durante a entrevista Kara encara na tela da TV um incêndio em andamento e se lembra que ela não pode fazer nada para ajudar, apesar de querer. “Fazer o que você faz é especial, mas não é seguro.” É o que Jeremiah diz para a versão mais nova de Kara após ela resgatar uma mãe e seu bebe de um carro em chamas. Esse incidente foi a única chance que ela teve de ser quem é, depois disso ela pôs os óculos especiais criados por Jeremiah e esconde seus poderes.

Até que aquele acidente de avião com Alex a bordo a fez sair de seu casulo e se revelar como a Supergirl. Ela também se revela para Lucy nesse episódio e o que parecia ser um gesto fútil, já que isso iria servir apenas para ajudar Kara a resgatar Alex e Hank, os escritores de Supergirl foram espertos e criaram um novo rumo para Lucy: Ela é agora a diretora do DEO e, talvez, a mais nova aliada da Supergirl.

Sim, eu falei certo, Lucy é a diretora do DEO porque Hank e Alex agora se tornaram fugitivos e vão aproveitar essa nova realidade para procurar por Jeremiah, que Hank descobriu que estava sendo usado como cobaia no projeto Cadmus. Agora eles possuem sua própria missão para cumprir e espero que com isso seus papeis não sejam diminuídos, pois eles formam uma ótima equipe de suporte para Kara.

Agora vamos falar sobre Shioban. Para alguém cujo sonho é trabalhar na mídia ela não conhece muito sobre ética: primeiro tentou sabotar a CatCo para o Planeta Diário, depois tentou sabotar o emprego de Kara através de um email. E ainda assim eu consigo entender sua frustração. Ela se sente passada para trás por uma garota que não possui nada de especial enquanto ela é confiante e tem tudo para brilhar. E isso é o suficiente para fazê-la gritar e quando ela cai bêbada de um prédio, é esse grito que a impede de se desmanchar na calçada.

Todos já sabiam dessa sua identidade secreta como a Silver Banshee (Banshee Prateada). Ao invés de uma historia chata de origem como aconteceu com a Livewire, nós vimos que Shioban, um ser com super poderes, tem vivido sob os nossos narizes esse tempo todo. Ainda não sei qual explicação darão para os seus poderes, se ela sempre soube deles e se mascarava com a persona de garota malvada ou se será algo novo até mesmo para ela, mas acredito que mais de uma pessoa vai sentir com essa revelação.

7/10

Confira a promo do próximo episódio, o crossover entre The Flash e SupergirlWorlds Finests