”Bom dia. Não sei que coisas horríveis fizeram na vida até agora, mas claramente o carma está desequilibrado para se matricularem na minha aula. Sou a professora Annalise Keating, aqui é a introdução ao Direito Pena ou, como prefiro chamar: como sair impune de um homicídio.”–

Annalise Keating

Antes de mais nada todos temos que saber e entender que How to Get Away Whith Murder não é criada ou roteirizada por Shonda Rhimes (Grey’s Anatomy), e sim por Peter Nowalk (Grey’s Anatomy). Dito isso podemos seguir.

How to Get Away With Murder segue a vida pesssoal e profissional de Annalise Keating (Viola Davis), uma professora de Direito Penal da fictícia Universidade de Middleton, na Filadélfia. Quando sua vida pessoal e profissional começam a entrar em colapso, Annalise e seus alunos se verão envolvidos, involuntariamente em uma trama de assassinato. Com está sinopse é nos apresentado um dos maiores hits dos últimos tempos. Com um enredo rápido e preciso, Peter nos apresenta uma primeira temporada frenética, e uma segunda temporada melhor ainda.

Preciso deixar esse paragrafo inteiro só para falar o quanto Viola Davis (Histórias Cruzadas) é perfeita. Com uma personagem absurdamente complexa, ela consegue mostrar todas as nuances que a personagem possui. Indo da fragilidade á força, da determinação á dúvida, da feminilidade á virilidade, do amor ao ódio. Poucas atrizes conseguem esse feito de dar toda a carga dramática necessária para uma personagem como essa. E Viola consegue isso com maestria, assim então protagonizando uma das cenas mais icônicas dos últimos tempos. A cena em que Annalise se desconstrói diante do espelho, removendo a peruca e a maquiagem, e ao mesmo tempo se fragilizando, é incrível, forte, feminista é mais do que intensa.

Viola protagonizando uma das cenas mais icônicas da televisão americana. S01E04

Além de ter uma historia incrível, é uma protagonista impecável, a série nos faz pensar em muitas coisa como: Existe a verdade ou apenas a versão dos fatos? o sistema judiciário e justo? até que ponto um advogado deve permitir que sua moral própria interfira em seus caso? E o mais importante: o que estamos dispostos a fazer quando chegamos a situação limite ? Estas seguintes perguntas impostas na série sutilmente, nos faz pensar muito.

Esqueça daquele ponto de vista politicamente correto que temos na maioria das séries, filmes e etc. Pois em How to Get Away With Murder temos uma mulher negra comandando julgamentos, uma latina – que foge, é muito, dos padrões típicos – é gays vivendo suas vidas e seus dramas de forma natural e não forçada.

Além de ser indicada a diversos prêmios, a série fez com que Viola Davis – com sua atuação magnifica – fosse a primeira atriz negra a ganhar o Emmy de melhor atriz. Com isso Viola faz um dos melhores, e mais emocionantes e verdadeiros discurso de agradecimento que eu e o mundo já ouviram.

Annalise em uma das primeiras cenas. S01E01

Uma feliz curiosidade e que foi ideia de Viola fazer a cena de Annalise tirando a maquiagem. Além disso, a série traz participações especialíssimas como Famke Jassen (x-men) que entra na trama a partir da segunda temporada, sendo uma amiga do passado de Annalise.

O mais interessante na série é perceber como não ha certo ou errado no tribunal , mas sim quem conta a melhor história. Além disso, nos proporciona a ver como as leis americanas funcionam, o que nos deixa mais curiosos para o próximo caso. Fazendo o telespectador se envolver com a trama e os personagens. A cada novo desdobramento ficamos querendo saber mais e mais sobre o que aconteceu e como aconteceu. Os episódios terminam é o que só queremos é que dure mais uma hora para sabermos o que vem a seguir.

Com uma história extremamente impecável, How to Get Away With Murder vai entrar em sua vida e deixará todas as marcas possíveis. Tornando-se uma das séries mais viciantes dos últimos tempos.

Quem diria que um objeto iria mudar tantas vidas. S01E01

”How to Get Away With Murder ainda conta com uma boa gama de personagens que ao decorrer da série mostram um excelente desenvolvimento, cada um ganhando destaque em algum momento da história, e é incrível como todos conseguem assumir esse lugar de destaque, mostrando um lado seu ainda não revelado e mudando totalmente o conceito que o publico tinha com o personagem.” – Jéferton Santos

How to get away with murder e transmitida pela ABC nos estados unidos, e pela Sony no Brasil. A primeira temporada está disponível também na Netflix. A série retorna de seu hiatus no dia 11 de fevereiro para terminar de exibir sua segunda temporada.

facebook comments:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here