A Realejo Livros está lançando, neste mês de janeiro, a autobiografia do grupo britânico de humor Monty Phyton.

Escrito pelos próprios humoristas, organizado por Bob McCabe, com prefácios de Antonio Prata e Gregório Duvivier, o livro conta a história daquela que é considerada a maior trupe de humor de todos os tempos e fonte de inspiração para os comediantes modernos.

Alternando as vozes de cada um dos Phyton, a autobiografia oferece ao leitor relatos fascinantes de momentos como a criação da lendárias “Silly Walks”, as “caminhadas bobas”, imortalizadas pelo grupo formado por cinco ingleses e um norte-americano.

O programa “Monty Python’s Flying Circus” foi ao ar pela primeira vez no canal de TV britânico BBC, em uma noite em 1969, trazendo meia hora de esquetes, piadas, animações e algumas coisas sem sentido. E o mundo vem sentindo seu impacto desde então.

Na apresentação à edição brasileira, Gregório Duvivier revela algumas das lições que ele e os demais criadores do Porta dos Fundos (eleito o canal mais influente do mundo em 2016) tomaram com os Pythons.

Curiosidades sobre os Pythons:
Monty Python ou The Pythons é um grupo de comédia britânico, que foram os criadores e intérpretes da série cômica Monty Python’s Flying Circus, um programa de televisão britânico que foi ao ar pela primeira vez em 5 de outubro de 1969. Como série televisiva, consistiu de 45 episódios divididos em 4 temporadas. Entretanto o fenômeno Python não se limitou a apenas isso, espalhando-se por shows, filmes, programas de rádio e diversos jogos de computador e livros, além de lançar seus seis integrantes ao estrelato.

facebook comments:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here