Star Trek foi criada por Gene Roddenberry e teve seu primeiro episódio lançado em 8 de setembro de 1966. Todavia, a série precisou passar por algumas aprovações antes de ser transmitida pela NBC.

A Enterprise é composta por James T. Kirk (William Shatner), Spock (Leonard Nimoy), Leonard McCoy (DeForest Kelley), Uhura (Nichelle Nichols), Hikaru Sulu (George Takei), Pavel Chekov (Walter Koenig), Montgomery Scott (James Doohan) e muitos outros tripulantes. Mas Roddenberry tinha um propósito diferente para a formação da nave, onde, no principio não tinha Kirk como o capitão e sim uma mulher. A NBC então desaprovou, pedindo que tirassem a mulher daquele posto e não inserissem Spock nesta história, mas o diretor não abriu mão do mesmo.

Após ter o piloto da série rejeitado, Gene levou um segundo episódio, onde este foi aprovado pela NBC. E o único personagem que se manteve foi Spock.

Enterprise

O espaço, a fronteira final. Estas são as viagens da nave estelar Enterprise, em sua missão de cinco anos, para a exploração de novos mundos, para pesquisar novas vidas, novas civilizações. Audaciosamente indo, onde nenhum homem jamais esteve.

Roddenberry criou o universo de Star Trek e por meio deste passou a trabalhar e refletir questões da 1960. Questões estas que criam um valor moral da parte do homem em relação a sociedade. Em The Original Series foram refletidas coisas como, por exemplo:  economia, racismo, religião, guerra e paz, lealdade, sexismo, feminismo, imperialismo e o papel da tecnologia. Gene então falou sobre o papel de Star Trek abertamente: “Um novo mundo com novas regras, eu podia discutir sobre sexo, religião, política e misseis intercontinentais. Realmente, nós as colocamos em Star Trek. Nós estávamos mandando mensagens e felizmente elas passaram pela emissora!“.

A USS Enterprise tem abordo um russo, uma mulher negra, um japonês e um homem com  ascendência mista vulcana/humana. Todos com uma importância incomensurável. Cada personagem teve um impacto cultural perante a sociedade daquela época, como, por exemplo, a Tenente Uhura, que é oficial-chefe de comunicações das naves. Pessoas influentes como Whoopi Goldberg que se manifestou e declarou: “Eu acabei de ver uma mulher negra na televisão, e ela não é nenhuma empregada!”. Martin Luther King Jr. que pediu para a própria Nichelle (Uhura) que não saísse de Jornada nas Estrelas pois ela era uma grande inspiração para os negros. E a NASA também chegou a se manifestar, utilizando Nichelle Nichols como um incentivo para jovens negros se ingressarem no programa espacial da mesma.

Star Trek também foi responsável pelo primeiro beijo inter-racial transmitido em rede nacional, com o Capitão James T. Kirk e Uhura. E em meio a guerras entre diversos países tivemos a junção de russos, japoneses, americanos, em um único lugar. Desta forma, pregando a paz e igualdade entre todos.

Uhura and Kirk kiss
Plato’s Stepchildren

A franquia como um todo é marcada pela ficção cientifica e tecnologia, já que na época em que foi criada nenhum dos dispositivos utilizados existiam. Dito isso, aparelhos que haviam antecipado na série passaram a ser criados realmente, como: Tablet, PC, celulares. E mais tarde, a NASA nomeou seu ônibus espacial de Enterprise.

Jornada nas Estrelas foi criada na década de 60, para nós, o passado. Todavia, na série são apresentadas coisas que refletem o futuro de uma forma grandiosa. Algumas coisas, como os celulares, nós já aderimos, mas fica claro que há muito chão para chegar em um universo que se iguale a Star Trek. Universo este que prega a igualdade entre todos, porque todos que ali habitam são semelhantes apesar da cultura e raça. Chega a ser impossível pensar em um mundo que não tivesse Gene Roddenberry para nos apresentar algo como esta franquia. Pois Jornada nas Estrelas teve seu próprio impacto na cultura de todo um país e tornou pessoas que eram reprimidas e não tinham oportunidades como a maioria em seres fortes com fé em si mesmos, em seus sonhos.

Jornada nas Estrelas completa seus longos 50 anos em 8 de setembro deste ano. E nós seremos presenteados com o novo filme da franquia, Star Trek Beyond (Star Trek: Sem Fronteiras), dia 1 de setembro – e dia 22 de Julho, internacionalmente.

spock
Vida longa e próspera.