Darren Aronofsky é um diretor, produtor e roteirista de cinema e dirigiu um dos filmes preferidos de quem lhes fala, esse que se encontra na lista abaixo:

Noé:

Filme estadunidense de 2014 e estrelado por Russell Crowe, Jennifer Connelly, Anthony Hopkins e Emma Watson. Adaptado da história bíblica, porém com um roteiro extremamente solto de referencias e coincidências com o original, conta a história de Noé, um homem comum que recebe a missão de avisar seu povo dos perigos que os cercam e de salva-los.

O Lutador:

Filme estadunidense de 2008 e estrelado por Mickey Rourke, Marisa Tomei e Evan Rachel Wood. O filme traz Rourke como Randy Robinson, um lutador veterano que almeja retornar aos seus dias de glorias, ao mesmo tempo que tenta reaver uma relação saudável com sua filha e apaixona-se por uma stripper.

Pi:

Filme estadunidense de 1998 e estrelado por Sean Gullette. O filme mescla muito bem os gêneros ficção científica e suspense e é conhecido por destacar Aronofsky pela primeira vez. A trama conta a história de Max, um recluso matemático que vive em Manhattan e após algumas pesquisas encontra um padrão na bolsa de valores, que consequentemente acaba bagunçando sua vida.

Cisne Negro:

Filme estadunidense de 2010 e estrelado por Natalie Portman, Mila Kunis e Vincent Kassel. Mais uma vez o diretor trabalha muito bem com o suspense com uma carga psicológica em um drama espetacular. Portman interpreta Nina, uma bailarina que almeja a vaga de bailarina principal na obra O Lago dos Cisnes. Para interpretar a personagem principal, Nina tem que personificar tanto a figura inocente como Cisne Branco tanto quanto a figura maliciosa, como Cisne Negro. Para balancear esse choque de personalidades a personagem passa por conflitos internos e atritos psicológicos que contribuem para a insanidade da mesma.

Réquiem para um sonho:

Filme estadunidense de 2002 e estrelado por Jared LetoJennifer Connelly e Ellen Burstyn Marlon Wayans. Baseado no livro de mesmo nome, a trama se passa em três épocas diferentes. A primeira se dá quando Sara, personagem de Ellen, começa a tomar remédios ao elucidar-se participando de um programa televisivo. E sua obsessão piora áa medida que seu sonho mais distante fica.

A segunda parte mostra Harry, Marion e Tyrone; interpretados respectivamente por Leto, Connelly e Wayans, todos viciados em heroína e cada um com seu conflito. Ao final do terceiro arco, quando Sara encontra-se internada em um hospital psiquiátrico, Harry com o braço amputado, Tyrone preso e Marion se prostituindo por drogas, uma alucinação de Sara é vista, onde ela e Harry estão no tão desejado programa de televisão e ambos trocam juras de amor enquanto a plateia os aplaude.

Confira nossa crítica ao mais novo filme do diretor: Mãe! 

facebook comments:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here