Como sabemos, existe uma imensidão de filmes que retratam a viagem no tempo, mas poucos conseguem ser tão marcantes quanto a trilogia De Volta Para o Futuro. Mas.. Por que isso? Simples, os filmes sobre o jovem Marty McFly são, além de atemporais, extremamente divertidos e a frete de seu tempo. Antes de responder de forma correta à esta pergunta, irei comentar um pouco sobre cada um dos filmes:

No primeiro filme desta linda trilogia, acompanhamos Marty viajando para uma época onde seus pais ainda nem se quer se conheciam. E por uma grande ironia, a versão jovem de sua própria mãe, acaba por se apaixonar por ele, e claro que Marty precisou fazer diversos sacrifícios extremos para juntar os seus futuros pais.

Mas ok, onde isso consegue se tornar tão bom? Imagine que você consegue ir para uma época em que seus pais são completamente diferente daquilo que você conhece, onde seu pai nem se quer tem coragem de falar com a futura esposa, além de termos uma trama praticamente secundaria acontecendo, onde Marty não consegue retornar para o seu tempo. Agora imagine tudo isso acontecendo de uma forma completamente cômica e extremamente bem produzida, isso sem contar com a trilha sonora magnifica durante todo o longa. Agora temos a definição do primeiro filme desta linda saga.

Na sequência temos Marty partindo para o futuro, onde ele já estava casado e com filhos. Sua “missão” desta vez é salvar a pele de um dos seus filhos, mas ele acaba por encontrar a si mesmo, porém já envelhecido. O seu eu do futuro era totalmente diferente do que imaginava, já que ele se tornou um grande miserável, que dependia dos outros para tudo. Mas algo que desenvolve ainda mais o filme, é uma ação tomada logo no inicio, onde Marty compra um almanaque esportivo, que o revelaria resultados de jogos durante anos, algo que poderia tona-lo rico, mas o criador da máquina do tempo, Doutor Brown, joga o mesmo no lixo, dizendo que levar aquele objeto podeira causar grande tragédias, mas então, o “rival” de seu pai, Beef, rouba o almanaque e a máquina do tempo e leva para seu eu do passado, o qual vem a se tornar rico, e acaba dominando o país todo num futuro distópico. Quanto Marty chega neste futuro, ele fica extremamente horrorizado, já que ele esperava retornar para a sua realidade normal, onde voltaria para casa e encontraria seus pais, irmãos e namorada, mas ao contrário disso, encontra sua mãe casada com Beff, e seu pai já havia morrido. Para alterar tudo isso e retornar para a sua linha temporal original, Marty retorna por mais uma vez ao passado, onde seus pais e Beef ainda eram jovens. Após passar por diversas dificuldades, consegue tirar o almanaque das mãos do jovem Beef, mas numa chuva de raios, Doutor Brown desaparece junto da máquina do tempo. E isso da início ao último, e não menos importante, filme da trilogia.

O filme se inicia com Marty recebendo uma carta, que estava sendo guardada por muitos anos numa empresa, carta a qual foi escrita pelo próprio Doutor Brown. Na carta, Brown dizia que estava bem, e que havia sido enviado ao Velho Oeste, e além disso, revelou o local em que escondeu o Delorean (a máquina do tempo). E então, com a ajuda do Doutor Brown mais jovem, ele a encontra, mas vê numa lápide dizendo que Brown foi assassinado no mesmo ano em que ele deveria encontra-lo no Velho Oeste, e sabendo disso, parte numa espécia de missão de resgate. Neste filme temos diversos elementos diferentes, temos locais onde as linhas férreas ainda estão sendo construídas, temos elementos típicos de Velho Oeste, como assaltos a trens e os famosos bang bang. No entanto, alguns acontecimentos levam Doctor Brown a se apaixonar por uma mulher daquela época, e para um viajante do tempo, isso é extremamente proibido, já que poderia acarretar em diversas tragédias futuras, mas Brown não liga para isso. Mas em todo o decorrer do filme, sentimos fortes emoções, sentimos tristeza e felicidade junto dos personagens, e como todos os outros dois filmes, este possui trilha sonora e fotografia incríveis, isso sem contar os efeitos especiais.

Após estes breves resumos de cada filme, creio que posso dar a resposta correta da pergunta presente no título. De Volta Para O Futuro consegue ser surpreendente até hoje pela forma de abordar um tema tão sério. Ciência sempre foi tido como algo extremamente chato por muitos, mas de uma forma ou outra, essa magnifica trilogia dirigida por Steven Spielberg, conseguiu mudar esse pensamento na cabeça de muitos. Sendo assim, estes filmes jamais serão esquecidos, ou seja, conseguiram ficar eternizados na história do cinema, e eternizado por serem ótimos todos ótimos.




facebook comments:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here