Há quem diga que o Brasil ainda tem muito que aprender com o cinema estrangeiro, mas mal sabem esses que o país tropical já recebeu 26 indicações ao Oscar!, entre elas Melhor Atriz, Melhor Animação, Melhor Diretor e Melhor Filme. Porém nessa lista eu mostrarei pra vocês 5 filmes totalmente brasileiros, isso pois, muitas de nossas indicações (e algumas principais) foram uma produção em conjunto com estúdios estrangeiros. Deixando claro que a lista não segue ordem de classificação e sim cronológica, além do mais, são todos ótimos filmes!

5 – O Pagador de Promessas (1963)

“Depois de seu asno de estimação ter sido atingido por um raio, Zé do Burro faz a promessa de carregar nas costas uma imensa cruz de madeira até a igreja de Santa Bárbara. Porém, sua jornada acaba se tornando um pesadelo.”

A primeira vez que o Brasil recebeu uma indicação ao Oscar foi em 1945 pelo filme Brazil, porém não levou muito tempo para que o primeiro longa totalmente produzido em solo tupiniquim repetisse o feito. Foi em 1963 então que O Pagador de Promessas nos levou ao Oscar por Melhor Filme Estrangeiro, infelizmente perdemos para o Francês Les Dimanches de Ville d’Avray. O longa contava com o ótimo elenco de Leonardo Villar (Zé Burro), Glória Menezes (Rosa) e Dionísio Azevedo (padre Olavo) entre outros grandes nomes.

4 – O Que é Isso, Companheiro? (1998)

o-que-e-isso-companheiro-original.jpg (1600×900)

“Em 1968, a decretação do Ato Institucional número cinco, que impõe a censura sobre a imprensa e suspende uma série de direitos civis, faz com que vários jovens optem pela luta armada para enfrentar o regime militar. Alguns deles, decidem sequestrar o embaixador norte-americano Charles Elbrick para negociar com o governo a libertação de militantes presos. O sequestrado acaba desenvolvendo uma estreita ligação com seus captores.”

Essa foi a 3° vez que um filme totalmente brasileiro foi indicado ao Oscar, porque eu não falei do segundo? Pois os 3 primeiro filmes foram todos indicados na mesma categoria. O interessante do longa é a sua história, o filme é uma adaptação do livro de Fernando Gabeira e conta com participação especial do americano Alan Arkin (ganhador do Oscar por Little Miss Sunshine). O longa tinha em seu elenco grandes astros brasileiros como Pedro Cardoso (Paulo), Fernanda Torres (Maria) e Luiz Fernando Guimarães (Marcão).

3 – Uma História de Futebol (2001)

57168297_1280x720.jpg (1280×720)

“O time infantil de futebol Sete de Setembro da cidade de Bauru vive a expectativa de disputar uma partida final em 30 de dezembro de 1950 contra o adversário Barão da Noroeste. A grande esperança do treinador Landão (mecânico ex-futebolista que manca de uma perna) de ganhar a Taça Júlio Ramalho é o jogador Dico (apelido de infância de Pelé). Quem narra a história é Zuza, companheiro de Dico no time e seu melhor amigo que, além da partida, relembra fatos da infância daquele menino que viria a se tornar o maior jogador de futebol do mundo.”

Uma História de Futebol foi o primeiro curta brasileiro a ser indicado ao Oscar, infelizmente não venceu mas ganhou diversos prêmios no Brasil e foi fonte de inspiração para um livro homônimo escrito por José Roberto Torero. O curta tinha apenas 21min e contava com a presença de Antônio Fagundes (narrador) e José Rubens Chachá (Seu Landão).

2 – Cidade de Deus (2004)

cidade-de-deus-filme-rede-tv-digital-7.jpg (2101×1181)

“Nas favelas do Rio de Janeiro dos anos 1970, dois rapazes seguem caminhos diferentes. Buscapé é um fotógrafo que registra o cotidiano violento do lugar, e Zé Pequeno é um ambicioso traficante que usa as fotos de Buscapé para provar como é durão.”

Cidade de Deus tem uma das histórias mais interessantes do Oscar, o longa teve uma recepção ótima no mundo todo, sendo um completo sucesso de publico e critica, grandes jornais internacionais rasgaram elogios aos envolvidos, porém, apesar de tudo isso, em seu ano de lançamento (2003) o filme foi negado pelo Oscar. Mas Fernando Meirelles (diretor) mostrou o espirito brasileiro e não desistiu, em 2004 o filme foi relançado e dessa vez o Oscar não conseguiu dizer não, o longa foi indicado a 4 categorias, Melhor Diretor, Melhor Edição, Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Fotografia. O longa acabou não levando nenhuma estatueta mas com certeza entrou pra historia do cinema mundial.

1 – O Menino e o Mundo (2016)

o_menino_e_o_mundo.jpg (1920×1275)

O Menino e o Mundo foi mais um filme da lista que recebeu elogios de todas as partes do globo, sua caracterização é linda, a animação é extremamente bem feita e seu contraste com o mundo real é assustadoramente bonito. O longa foi o primeiro filme latino-americano indicado na categoria de Melhor Filme de Animação. Infelizmente Divertidamente acabou ficando com a estatueta mas ainda assim O Menino e o Mundo trouxe ao Brasil 5 prêmios dos 10 que concorreu, mais do que merecido.

Menções Honrosas

Como havia dito no inicio do texto, essa lista contém filmes feitos totalmente no Brasil, então alguns grandes nomes da industria brasileira acabaram ficando de fora. Porém, justos que somos, aqui vão alguns nomes que merecem a sua atenção!

Fernanda Montenegro

fernanda-1.jpg (1200×676)

Um tesouro nacional, Fernanda Montenegro já protagonizou diversas novelas e filmes nacionais, eternizou momentos e se tornou um ícone televisivo brasileiro. Mas mais do que isso, a atriz foi a primeira latino-americana á disputar o Oscar de Melhor Atriz, a indicação veio do filme franco-brasileiro Central do Brasil, que também concorria por Melhor Filme Estrangeiro. Não levamos nenhuma estatueta mas a indicação já foi um grande marco nacional.

Sergio Mendes e Carlinhos Brown

Em 2012, o diretor brasileiro Carlos Saldanha lançou nos cinemas brasileiros o filme Rio, o sucesso foi imediato e o Brasil foi ao Oscar mais uma vez. Porém dessa vez era algo inédito, o filme era recheado de canções originais que envolviam diversos compositores incluindo Chico Buarque e uma dessas músicas foi Real in Rio, executada por Carlinhos Brown e Sergio Mendes a música foi um sucesso e levou o longa á disputar o Oscar por Melhor Canção Original.

Carlos Saldanha

o-CARLOS-SALDANHA-facebook.jpg (2000×1000)

Calma! Eu sei que você já está cansado de ler, mas aqui vai o ultimo integrante da nossa lista. Carlos Saldanha, o mesmo diretor de Rio que foi ao Oscar por Melhor Canção já foi indicado outras 2 vezes, uma por Era do Gelo – Melhor Filme de Animação –  e outra por A Aventura Perdida de Scrat – Melhor Curta-metragem de Animação. Infelizmente o diretor ainda não conseguiu levar uma estatueta pra casa, mas se continuar com o nível de qualidade que vem fazendo, o Oscar será inevitável.

Fala a verdade, depois de ver essa lista da uma vontade de ver um filme nacional né? Então não perde a chance e vá no cinema dia 18/05 ver O Rastro, o longa conta com um elenco ótimo e já tem critica aqui no site (clicando aqui).

facebook comments:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here