A Tv é casa de personagens que nos proporcionam vários sentimentos e em 2016  não foi diferente e o Retalho não poderia deixar de listar os melhores personagens da Tv americana no ano.

10 – Justiceiro, Daredevil – Jon Bernthal

daredevil-ed

A segunda temporada de Daredevil foi dividida em duas partes para sermos apresentados a Frank Castle e Elektra. Frank Castle, o Justiceiro, roubou a cena no segundo ano da série da Netflix e com isso garantiu a sua própria série no serviço de streaming. Rude, emocional e muito real, o personagem roubou a cena na série e foi a estrela da temporada. Com momentos memoráveis, Jon Bernthal se firmou como o Justiceiro definitivo e garantiu mais tempo para seu personagem no universo compartilhado das séries da Marvel.

9 – Joyce Byers, Stranger Things – Winona Ryder

wf-strangerthings102_096

Stranger Things foi uma boa surpresa para 2016. Claro que não é uma série grandiosa, épica e totalmente perfeita, e nem precisa ser, agrada de forma simples como uma viagem ao tempo dos anos 80. Joyce Byers é mãe de Will Byers, o garoto desaparecido no primeiro episódio e ela junto aos outros personagens adultos forma o círculo dos adultos. Interpretada por Wynona Ryder, Joyce é uma mãe preocupada, forte, que lida não só por ser mãe solteira e trabalhar bastante, mas pelo desaparecimento do filho e depois de certos episódios lidar com algo além da sua compreensão do mundo. Joyce é forte, é uma mãe exemplar, vibrante, carismática e tem uma personalidade própria, e por fim brilhantemente interpretada por Ryder.

8 – Ash, Ash vs Evil Dead – Bruce Campbell

ash-vs-evil-dead-105-bruce-campbell

Ash vs Evil Dead é uma das melhores comédias da atualidade e um dos principais motivos para o sucesso da continuação da franquia The Evil Dead é seu protagonista, Ash é a estrela do show e cativa de uma forma inexplicável. Bruce Campbell se diverte matando demônios e tudo funciona tão bem! Ash é um dos grandes personagens das comédias atuais e dificilmente cai no esquecimento de quem acompanha sua saga contra o mal.

PS: a cena do necrotério na atual segunda temporada de Ash vs Evil Dead foi uma das melhores cenas da TV americana em 2016.

7 – Dolores, Westworld – Evan Rachel Wood

30500

A jovem calma, serena, humilde, bondosa e caridosa Dolores termina como uma assassina fria. Em um desenvolvimento cru, Westworld nos brinda com outra personagem incrível que é Dolores. Ela é um androide o que já deixa difícil a sua interpretação, mas com o decorrer dos episódios lidamos com uma crescente diferença do que ela realmente é. Afinal nós telespectadores somos Dolores, durante toda a Westworld acompanhamos a perspectiva da própria Dolores e em todas as suas crises de memórias e feitos do passado. Por fim a jornada de Dolores é muito mais interna que externa e todas as modificações de trama (embora em alguns momentos ela seja boba), algumas demonstrações do que ela é e finalmente no término da temporada ela adquirindo auto-consciência novamente só ascende a personagem a uma das melhores do ano.

6 – Negan, The Walking Dead – Jeffrey Dean Morgan 

walking-cn-1068x600

O retorno de The Walking Dead só tinha um nome e era Negan. Esse é o problema de tudo, Negan é o que querem ver na série. Nos quadrinhos é uma figura amada e odiada, com toda certeza por sua vilania e sadismo tem uma personalidade própria e vemos o mesmo na série. Personagem responsável pela morte de dois queridos personagens e de mover todos os episódios de qualidade (que foram poucos) Negan tem carisma, tem tudo o que um vilão precisa e foge dos paradigmas do sério, é brincalhão, ri com a desgraça alheia, é fanático e ao mesmo tempo irônico e por fim é cruel, em todas sílabas da palavra. Negan é vil, e isso para o apocalipse não é bom, mas para o personagem é excelente.

5 – Marcia Clark, American Crime Story: The People vs OJ Simpson – Sarah Paulson 

116185

Uma personagem real, Marcia Clark é indispensável nos destaques de 2016. Principal promotora no caso de OJ Simpson, Marcia foi retratada brilhantemente por Sarah Paulson que externou todas as expressões necessárias para que a personagem fosse trazida para a ficção com a maior fidelidade possível. A interpretação de Sarah, inclusive, a garantiu todos os principais prêmios até então disputados, por ser uma mulher real, com problemas reais é que Marcia Clark merece estar entre os melhores de 2016.

4 – Frank Gallagher, Shameless – William H. Macy

frank-gallagher

Um dos personagens mais repugnantes dos últimos anos, Frank Gallagher aparece na lista por ser incomparável. Bêbado, drogado, irresponsável e imoral o patriarca dos Gallagher se reafirma todos os anos como um dos piores (no bom sentido) personagens da TV. A interpretação genial de William H. Macy contribui para que Frank seja odiado e amado ao mesmo tempo por todos que assistem a comédia dramática do Showtime.

3 – Stella Gibson, The Fall – Gillian Anderson 

stella-gibson-the-fall

The Fall encerrou sua história em 2016 deixando sua marca na TV britânica. Casa de uma das maiores personagens femininas dos últimos anos, a série consagrou Stella Gibson em sua temporada final. A personagem interpretada pela maravilhosa Gillian Anderson é o espelho da mulher independente na atualidade, determinada e inteligente, Stella retrata o que há de melhor na mulher bem sucedida nos dias de hoje.

PS: A incomparável Gillian Anderson volta à TV em 2017 em American Gods.

2 – Dr. Ford, Westworld – Anthony Hopkins 

dr-robert-ford-church-bells-scene-westworld

Brilhantemente interpretado por Anthony Hopkins, Robert Ford ou mais conhecido como Dr. Ford foi uma grata surpresa em Westworld. Um personagem com presença, de garbo elegância e uma inteligência sem tamanhos, seus ideais no começo pareciam meio mistos, e a partir do sétimo episódio finalmente compreendemos a face do bom vovô. Dr. Ford é uma presença em Westworld que veio de uma forma poderosíssima, sempre com monólogos inteligentes, um carisma doentio, uma permanência de ideologias e por fim se tornando o verdadeiro Deus daquele mundo simulado, Ford é o criador e o Deus daqueles robôs e comanda quase toda a série.

1 – Cersei Lannister, Game of Thrones – Lena Headey 

Desde a primeira temporada de Game of Thrones, Cersei Lannister foi demonstrando ser uma personagem incrível, desde uma mulher forte e manipuladora até uma mãe psicótica, depois do quinto ano da série com seu desfecho humilhante, em sua caminhada da vergonha todos esperavam uma Cersei forte e isso que recebemos. É óbvio que pelos episódios iniciais ela parecia até apagada, como se estivesse recatada em toda aquela situação política, mas teve um crescimento enorme na escala de planos e como se livrar dos vários problemas. Tudo termina no décimo episódio quando ela trama uma explosão gigantesca no Septo de Baelor, por contrário seu filho se suicida, e por fim ela se torna a Rainha dos Sete Reinos. Cersei é forte, bebendo vinho em uma janela enquanto vê seus inimigos morrerem no local dos deuses ela exibe toda a sua vilania em poucos atos.

Colaboração: Carlos Henrique.

Por ultimo, mas não menos importante, a próxima lista define as melhores séries de 2016.
Por ultimo, mas não menos importante, a próxima lista define as melhores séries de 2016.