Após um período sem escrever, me deparei com Birdman – A Inesperada Virtude da Ignorância na TV fechada, e é impressionante como esse trabalho de Alejandro Iñarritu consegue nos inspirar.

Em sua temporada em cartaz, me encontrei indo ao cinema no total escuro, e com expectativa nula, por um preconceito pessoal que criei para com o filme e já fui surpreendido pela escolha de elenco: Michael KeatonNaomi Watts, Edward Norton, Emma Stone, e começo a acreditar que eu estaria prestes a ver algo surpreendente.birdman-5

Riggan Thompson (Keaton) é um ator que entrou em decadência após estrelar uma famosa franquia de super-herói, que abandonou há 22 anos (qualquer semelhança é mera coincidência? Note que é o mesmo período em que Keaton abandonou Batman), e que busca alcançar a fama novamente, mas dessa vez recorre à forma mais pura da arte, o teatro.

Em suas tomadas contínuas, onde mal se percebe os cortes de cena (esteticamente falando), Iñarritu e Keaton nos levam a uma viagem ao subconsciente e a realidade de um astro de Hollywood. Não obstante de luxo, glamour e sucesso anterior, nós nos vemos diante do mais íntimo do ator. Sentimos sua amargura, frustação e a ânsia de retomar seus tempos de glória, e recuperar a verdadeira essência de sua arte, e é isso que Riggan deseja.

birdmanAo organizar uma peça de teatro na Broadway, Thompson quer que a crítica e os fãs percebam que ele não está fadado a encerrar sua carreira em Blockbusters rasos, e que a indústria não o corrompeu. Seu desespero pelo reconhecimento é retratado pela incessante busca da perfeição técnica que nutre a famosa crítica de teatro do NY Times (Lindsay Duncan), e suas reações durante os problemas que sua peça passa quando um dos atores se acidenta, seu produtor se desespera pelo gasto financeiro e as críticas de sua filha, Sam, que acaba de deixar uma clínica de reabilitação. Todos esses contratempos fazem com que Riggan contrate Mike Shiner (Norton), um ator complicado, mas tecnicamente impecável (mais uma vez, qualquer semelhança é mera coincidência?).

Iñarritu pensou em todos os mínimos detalhes da trama, desde a retratação real dos bastidores da fama, passando pelo tormento ecoante de trabalhos passados na cabeça do ator, até as tomadas contínuas, que passam a sensação de pressão constante em cima de Thompson.birdman5

Birdman, ou A Inesperada Virtude da Ignorância se torna um filme completo principalmente
pelas atuações. Michael Keaton passa pelo processo de encarnar um ator movido pelo próprio ego, mas ainda sim se mostra vulnerável e inseguro com o tempo que passou e seu medo de ser esquecido, que rende uma das melhores cenas de todo o filme e suas constantes alucinações. Além disso, sua dinâmica com Edward Norton é de encher os olhos. Edward novamente não decepciona, e sua interpretação teatral nos faz realmente acreditar que ele é o que seu personagem retrata (novidade), que já ao ser contratado, tenta tomar as rédeas da peça, se colocando como especialista de peças da Broadway. A trilha sonora regada a tambores é eficaz em momentos de tensão, com batidas mais fortes e intensas, nos faz sentir o peso da cena por completo, e o final ambíguo encerra com chave de ouro o espetáculo, deixando por conta do público, uma compreensão literal, ou poética do encerramento da trama.Plot hole

Assistir a um filme que critica a indústria e traz Hulk, Gwen Stacy e Batman, é uma experiência sensacional. A impressão não é a de um filme, mas de estarmos diante de uma verdadeira peça de teatro, o que torna a metalinguagem do filme ainda mais fascinante.